Image Map

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Youtube: 5 minas plus para seguir no instagram! - #falamagah2


Semana passada eu postei um vídeo no meu canal do youtube (se você se inscrever lá, vai ver tudo antes!) mostrando as 5 minas plus que mais me inspiram e que eu acho que merecem mais visibilidade por representarem muito bem as minas plus, mas não tinha postado aqui no blog ainda porque esse fim de semana foi corrido :(
Esse vídeo tem um link direto com o ultimo post sobre representatividade plus e a minha ideia com ele foi que outras meninas descubram minas plus em quem se inspirar e entender melhor o próprio corpo. Quer ver?


Se vocês quiserem seguir as meninas, aqui vão os links de cada uma: @ju_romano, @femmefatalebyjeh, @nadiaaboulhosn, @foradosrotulos, @beeeells.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Representatividade Plus Size + Ashley Graham no clipe do DNCE


Já falei um pouco sobre a importância da representatividade aqui no blog, no post sobre as novas Barbies, mas esse é um assunto que eu estava guardando para abordar de outra forma aqui no blog, principalmente voltado especificamente para o público plus size. Sei que ainda é um assunto que nem todas as garotas entendem mas que diz muito sobre a forma como nos aceitamos (ou não) hoje em dia.
Se sentir representada vai muito além de ver algo que é semelhante a você. É enxergar bonito algo que temos uma baita dificuldade de enxergar em nós mesmas, é encontrar referências de estilo e imagem que não tínhamos antes, é aprender com o outro ideias que podemos aplicar na nossa vida.

Hoje o mercado melhorou bastante, mas ainda é difícil para as meninas plus size entenderem como transformar aquele padrão do dia a dia em algo que fique bom em nós. Isso serve para moda, beleza, estilo, saúde, foco. A maior parte dessas coisas é representada na mídia por minas magras que tem aquele "padrão de vida seja magra seja saudável seja bonita seja bem sucedida" entende?
É nessa hora que nós, mulheres gordas, ou entendemos que isso é um belo de um marketing pra nos manipular e encontramos alternativas para viver ou entramos em estado de desamor com o nosso corpo e temos aquela bela crise de identidade.

Quando eu comecei a me aceitar plus, fui buscar referência em outras meninas na internet que não tem a menor vergonha de mostrar o próprio corpo. Comecei a pensar "mas eu acho elas bonitas, por que não me acho bonita também?" e foi assim, olhando foto por foto, lendo textos sobre como elas se aceitavam do jeito que eram, percebendo que o mundo ao redor delas era o mesmo mundo ao redor de mim que meu pensamento foi se modificando sobre quem eu era. A algumas semanas postei no twitter um tweet que dizia "não sei muito bem quando foi que deixei de me achar feia" e isso é a maior verdade. Foi acontecendo aos poucos, eu me olhava no espelho e já não achava mais aquelas coisas que me incomodavam antes tão ruins. E boa parte disso se deve ao fato de eu ter me sentido representada por essas meninas.

De alguns meses pra ca, começamos a ter uma maior representatividade de mulheres plus size na mídia e isso ta sendo lindo de ver! Essa semana, a modelo Ashley Graham que é uma das maiores referências plus size do momento, apareceu linda e sexy como protagonista do clipe novo da banda DNCE (que tem como vocalista, Joe Jonas). O clipe ta lindão, a música é chiclete e a Ashley representou muito bem as plus! Acho que o mais legal é que o clipe explora bem a sensualidade de Ashley com naturalidade, sem cair em clichês. Vale o click!


Gente, amanhã hoje ainda vai sair um vídeo lá no meu canal do youtube falando um pouco mais sobre esse assunto e mostrando ao instagram das plus size que mais me inspiraram no meu processo de aceitação. Não esqueçam de se inscrever lá!
O que vocês acharam do clipe? E qual a importância da representatividade plus na sua vida? Conta aqui nos comentários! <3

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Youtube: 7 fatos sobre mim - falamagah #1


Quem acompanha o blog a um certo tempo sabe que eu sempre deixei o youtube meio de lado porque dá um trabalhão editar os vídeos e eu nunca tive muito tempo pra fazer o canal crescer da forma certa. Mas, no último mês eu comecei assistir canais no youtube que me inspiraram muito (alguns deles são o Fotografando à Mesa, Vick Cammie, Renê, não Renan, Chez Noelle, Dela e Dela...) com temas muito legais, edições divertidas, formas diferentes de abordar assuntos como cotidiano, feminismo, moda, viagens, que eu amo e gostaria de comentar aqui no blog e no meu canal também.

Ver tantos vídeos legais fez com que eu quisesse voltar com o canal em um novo formato, uma nova fase, com vídeos falando sobre assuntos legais que eu já abordo aqui no blog e nas minhas outras redes sociais, fazer lookbooks plus size e vídeos com ideias de como usar algumas peças que eu uso nos meus looks, conhecer meninas novas que também são plus, ensinar alguns DIYs e falar um pouco da cidade que eu vivo e amo, que é São Paulo.
Acho que tudo isso vai render vídeos muito legais e fazer com que eu coloque em prática uma coisa que eu tenho vontade de começar a muito tempo, um canal no youtube.

Pra começar eu decidi dar um nome pra minha série de vlogs falados que é falamagah. Nesses vídeos eu vou falar de vários assuntos referentes a moda, minha vida, o mundo plus e tudo mais.
No primeiro vídeo eu resolvi listar 7 fatos sobre mim que provavelmente a maior parte das pessoas não sabe. Contei um pouco do meu amor por astrologia, meus apelidos derivados dos 2 nomes, minha formação em moda e fotografia e falei um pouco dos planos para essa nova fase do canal.
Bom, espero que vocês gostem! Não esqueçam de dar like pra me ajudar muito e se inscrever no canal que muitos vídeos legais vem por ai <3